Nossa História

O Instituto Ôncalo tem sua origem no grupo musical Ellas+1, que iniciou suas atividades em 30 de outubro de 2011. Neste dia, o músico Éverson Bô reuniu alunas de bandas e fanfarras de duas escolas públicas da região da Penha, zona leste da cidade de São Paulo.

Em 2012 o grupo cresceu e adotou o nome “Ôncalo”. Como palco, elegeu as ruas de São Paulo. No ano seguinte foi contemplado pelo programa VAI da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, com o show Tim Maia70. Mas foi em 2014 que o grupo deu um passo decisivo ao participar do projeto “A Arte Brasileira Invade Moscou”, com o show TM70. Foram quatro apresentações na Rússia, inclusive na Rua Old Arbat e no Parque Gorky, que são lugares importantes para o turismo russo.

Ao retornarem ao Brasil tiveram um importante reforço na equipe: foi integrado ao grupo o produtor musical Ronaldo Gama. Em 2015 foi constituído o Instituto Ôncalo, entidade que administra os diversos projetos do coletivo. O motivo dessa transformação foi a necessidade de formalização dos jovens participantes da instituição.

No carnaval de 2015 é lançado “Bloco da Caverna”. No final do ano seguinte surgiu o “Brasil Rock 80” com apresentações na capital paulista e interior de São Paulo. Seguindo a linha de shows em teatros, como o Brasil Rock 80, no final de 2017, é lançado o HI-Tim – Homenagem Instrumental à Tim Maia. As intervenções, que fizeram fama no Instituto Ôncalo nas redes sociais, são os atrativos de shows como “Na Pista” e “Jukebox”, sendo este último lançado em 2019. Neste mesmo ano foram colocados também os espetáculos “Toca Raul Brass” e “ôKids”.

Com mais de quatrocentos shows realizados no Brasil e no exterior em oito anos de trajetória, o propósito do Instituto Ôncalo sempre foi o fio-condutor no desenvolvimento de um trabalho feito com dedicação e disciplina. O resultado disso é o visível amadurecimento técnico e artístico de seus componentes em sua trajetória.